Imprimir

Histórico

AddThis Social Bookmark Button

HISTÓRICO DA FAFRAM

    A necessidade de suporte técnico-científico para sustentar o desenvolvimento agroindustrial da região norte do Estado de São Paulo, uma das mais ricas, diversificadas e avançadas do país no setor de produção agrícola, mobilizou os agricultores e empresários dessa região e resultou, em 1987, na criação da Faculdade de Ituverava  "Dr. Francisco Maeda"- FAFRAM, reconhecida pela Portaria Ministerial nº 1.456 de 14/140/92, publicada no D.O.U. de 5/101/92. Nesse pequeno período, a Faculdade alinha-se com as melhores do país, o que pode ser comprovado pela atuação e prestígio conquistados pelos seus formandos em Instituições Públicas e Privadas. A Faculdade conta com uma Área experimental de Ensino e Pesquisa de 70 ha, localizada no sítio das Acácias. 

Dispõe de excelente infra-estrutura em salas de aulas teóricas e práticas, em laboratórios didáticos, de pesquisa e de extensão, além de prédios de Departamentos, compreendendo os Núcleos de Conteúdos Básicos, de Conteúdo Essenciais e de Conteúdos Específicos. 

A Biblioteca está bem provida de livros e revistas técnico-científicas. Nesta área experimental, os alunos acompanham e desenvolvem projetos de pesquisa e ensino prático, a Faculdade possui dois setores de produção e desenvolvimento, sendo um localizado numa área de 213 ha, no município de Buritizal e outra área de 24,2 ha, localizada no município de Ituverava.

O Curso de Agronomia da Faculdade tem duração de cinco anos, sendo quatro anos e meio dedicados às disciplinas dos núcleos principais que compõem a sua estrutura curricular.

O último semestre é dedicado à residência e às atividades complementares,  relacionadas ao interesse do aluno em relação ao mercado de trabalho e ao seu futuro profissional.

A obrigação de realizar estágios profissionalizantes em empresas públicas e privadas representa o primeiro contato com a profissão,  permite associar os conhecimentos acadêmicos com a prática e a realidade do mercado de trabalho, aumentando as chances de competição no exigente mercado de trabalho atual.
    

O Trabalho de Graduação permite que o aluno da Faculdade desenvolva habilidades e competências para projetar e conduzir pesquisas, interpretar e difundir  resultados, elaborar relatórios e conscientizar-se da importância de pesquisa no desenvolvimento do setor.

Os conteúdos são ministrados por professores de reconhecida competência, atestada pela excelente titulação acadêmica e vivência profissional. Atualmente, são 33 professores, sendo 16 doutores, 14 mestres e 3 especialistas.

O ensino é estruturado de modo a atender às mudanças que estão ocorrendo no mercado de trabalho globalizado, sem esquecer as exigências do mercado de trabalho brasileiro.

A Faculdade coordena e desenvolve projetos de pesquisa de seu interesse e de interesse de instituições públicas e privadas, funcionando como um importante centro de produção e divulgação científica tecnológica. A Faculdade desenvolve atividade de extensão com comunidade regional e outras regiões do país , através da participação dos professores e consultorias em empresas públicas e privadas. A Faculdade promove palestras, dias de campo, cursos, seminários e a já tradicional "Semana Agronômica", totalmente organizada pelos alunos. As programações visam favorecer a vida universitária.