Imprimir

Dois ex-alunos da FAFRAM farão doutorado pela Unesp

AddThis Social Bookmark Button

Dois ex-alunos da FAFRAM farão doutorado pela Unesp

Edmilson Rodrigo Daneze e Romeu Moreira dos Santos foram aprovados no processo seletivo em 1º e 3º lugares, respectivamente

Dois ex-alunos do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Dr. Francisco Maeda (Fafram), instituição de Ensino Superior mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, Edmilson Rodrigo Daneze e Romeu Moreira dos Santos, foram aprovados no processo seletivo para doutorado da Unesp, campus de Jaboticabal. Eles passaram, respectivamente, em 1° e 3° lugares.

Os dois veterinários farão o curso durante quatro anos, na área de Patologia Animal, sob orientação da professora Márcia Ferreira da Rosa Sobreira, graduada em Medicina Veterinária pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal (FCAVJ) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), e mestre em Medicina Veterinária e doutora em Medicina Veterinária, na área de concentração em Clínica Médica Veterinária, mesma instituição de ensino.

Edmilson Rodrigo Daneze é formado em Medicina Veterinária pela Fafram. São seus pais Sidnei Daneze e Regina Aparecida Lippi Daneze.
O médico veterinário formado pela Fafram, Romeu Moreira dos Santos, é filho de Sebastião Romeu Moreira dos Santos e Marlete Aparecida dos Santos e tem as irmãs Márcia Adriana Ferreira dos Santos, Fabiana Ferreira dos Santos e Tassiane Cardoso.

Mestrado
Outro ex-aluno da Fafram que tem se destacado é Christopher Abreu Ravagnani, formado em Direito. Ele foi aprovado no processo seletivo para o mestrado da Unesp de Franca.

Formado em Direito pela Fafram em 2009, Chistopher Abreu Ravagnani é filho de Hugo Anselmo Ravagnani e Lúcia Helena de Abreu e tem os irmãos, Wayne, Hugo e Nabila.

Sucesso
Em entrevista concedida à Tribuna de Ituverava, o diretor da Fafram, Márcio Pereira, falou o sucesso dos alunos formandos pela faculdade. “As aprovações demonstram que além de a Fafram estar qualificada na formação de profissionais para o mercado de trabalho, tem se sobressaído ao inserir estudantes na área de pesquisa científica”, afirma.

“Isso tem ocorrido graças aos investimentos direcionados pela diretoria da Fundação Educacional de Ituverava, além do nível do corpo docente e, é claro, o empenho dos estudantes. Vale lembrar que posteriormente eles poderão voltar à Fafram, dessa vez como professores”, completa.

Fonte: Tribuna de Ituverava

Veja Também

Prev Next